Diferenças entre os tipos de qualidade e formatos de vídeos

O mundo dos "Rips" de filmes é divido em grupos, onde cada grupo assina seus Rips. Dependendo da qualidade de suas obras, podem ganhar ou perder reputação perante os outros grupos. Cada lançamento feito é classificado de acordo com sua qualidade e origem, facilitando a vida de quem vai baixar o filme.

Aqui mostramos todas as classificações que existem e seus respectivos significados:

Qualidade dos filmes

CAM: - Horrível
O CAM é um "rip" feito no cinema, normalmente com uma câmera digital. Às vezes é usado um tripé, mas na maioria das vezes isso não é possível, deixando a filmagem tremida. Devido aos lugares disponíveis no cinema também não serem sempre no centro, pode ser filmado com ângulos diferentes. Se cortado (cropped) adequadamente, é difícil diferenciar, a não ser que tenha legendas na tela, mas muitas vezes os CAM são deixados com bordas pretas na parte de cima e de baixo da tela. O som é gravado com o microfone embutido da câmera e, especialmente em comédias, risadas são ouvidas durante o filme. Devido a esses fatores, a qualidade de som e imagem costumam ser muito ruins, mas as vezes, com sorte, o cinema está quase vazio e apenas baixos ruídos serão ouvidos.

TELESYNC (TS): - Horrível
Um telesync tem as mesmas características de um CAM, só que usa uma fonte externa de áudio (normalmente um fone de ouvido na poltrona para pessoas que não ouvem bem). Uma fonte de áudio direto não garante uma boa qualidade de áudio, pois muitos barulhos podem interferir. Muitas vezes um telesync é filmado em um cinema vazio ou da cabine de projeção com uma câmera profissional, gerando uma melhor qualidade de imagem. A qualidade varia muito, por isso veja um sample (amostra) antes de baixar o filme por completo. A maior parte dos Telesyncs são CAMs que foram rotuladas de forma errada.

TELECINE (TC): - Horrível
Uma máquina de telecine copia o filme digitalmente dos rolos. O som e a imagem costumam ser muito bons, mas devido ao equipamento e custos envolvidos, os telecine são muito raros. Geralmente o filme estará com o aspect ratio (proporção) correto, apesar de existirem telecine de 4:3 (tela cheia). TC não deve ser confundido com TimeCode , que é um contador visível e fixo durante todo o filme.

SCREENER (SCR): - Horrível
Uma fita VHS prévia, enviada para locadoras e vários outros lugares, para uso promocional. Um screener é fornecido de uma fita VHS e normalmente em 4:3 (tela cheia), apesar de alguns screener com faixas pretas já terem sido lançados. A maior desvantagem é um “ticker” (uma mensagem que aparece na parte de baixo da tela com os direitos autorais e um telefone anti-pirataria). Além de que, se a fita tiver algum número de série, ou qualquer outra marca que possa denunciar a origem da fita, esses terão de ser escondidos, normalmente com uma faixa preta em cima. Isso costuma durar apenas uns segundos, mas infelizmente, em alguma cópias, dura o filme inteiro e alguns podem ser bem grandes. Dependendo do equipamento usado, a qualidade do screener pode variar de excelente se for feita de uma cópia MASTER, até muito ruim se for feita em um equipamento velho com uma cópia ruim da fita. A maioria dos screener são passados pra VCD, mas já houveram tentativas em SVCD.
Screener, geralmente, também indica qualquer um dos tipos acima. (qualidade mais baixa)

DVD-SCREENER (DVDscr): - bom
Mesmas condições do screener, mas com uma fonte de DVD. Normalmente com letterbox (faixas pretas), mas sem os extras que o DVD final (de venda e/ou aluguel) possa ter. O ticker não costuma ficar nas faixas pretas, e pode atrapalhar a visão. Se o “ripador” tiver o mínimo de conhecimento, um DVDscr deve sair muito bom. Normalmente passado pra SVCD ou DivX/XviD.

DVDRip: - Excelente
Uma cópia do lançamento final do DVD. Se possível, é lançado na internet antes mesmo do DVD de venda e/ou aluguel ser lançado. A qualidade deve ser excelente. DVDrips são lançados em SVCD e DivX/XviD.

R5: - Excelente
São rips de dvds originados da Região 5(que é a Rússia). Esses releases são muito requisitados pois tem a qualidade de DVD e são lançados mais rápidos que os outros. Esse fato ocorre devido aos dvds na Rússia serem lançados antes que qualquer outro lugar no mundo.

Formato dos Arquivos

AVI:
Audio Video Interleave. Formato de vídeo mais usado em PCs com o Windows. Ele define como o vídeo e o áudio estão juntos um ao outro, sem especificar um codec.

RMVB:
É o formato de vídeo criado pelo Real Player, é muito usado em Rips de Séries de televisão. Ele possui a vantagem de ser menor que o Avi e não perder qualidade por isso. Porém, existem rmvb's em que a qualidade está muito ruim, isso depende de quem converteu, portanto, se ver um filme em rmvb com o tamanho muito pequeno, ele estará em uma qualidade não aconselhável.

MPEG:
É a abreviação de Motion Picture Expert Group e é a fonte de pesquisa para formatos de vídeo em geral. Este grupo define padrões em vídeo digital, estão entre eles o padrão MPEG1 (usado nos VCDs), o padrão MPEG2 (usado em DVDs e SVCDS), o padrão MPEG4 e vários padrões de áudio - entre eles MP3 e AAC. Arquivos contendo vídeo MPEG-1 ou MPEG-2 podem usar tanto .mpg quanto .mpeg na extensão.


DivX / XviD:
Dois codecs de última geração sendo o DivX mais antigo. Estão baseados no formato de compressco MPEG-4, compressão de vídeo de alta qualidade. Alguns chamam o MPEG-4 de "MP3 do vídeo". Com os arquivos em DivX você poderá assistir os filmes com qualidade de DVD som de CD, no seu PC. XVid já possui uma tecnologia melhor que o DivX, portanto necessita de PCs mais potentes para rodar. XViD é melhor que o DivX.

VCD:
É um formato baseado em MPEG-1, com um bit-rate constante de 1150kbit em uma definição de 352x240 (NTSC). VCD's são usados geralmente para obter de uma qualidade mais baixa com o objetivo de tamanhos menores. VCD's e SVCD's são cronometrados nos minutos e não em MB, assim que ao olhar um, parecer maior do que a capacidade de disco e na realidade pode cabe 74min em um CDR74.

9 comentários:

  Anônimo

30 de janeiro de 2009 13:31

Parabens! Otimo post!

  Vinícius

25 de fevereiro de 2009 12:00

Obrigado.
Nunca soube com clareza oq era cada um.

Parabens pelo site, esta excelente.

  Anônimo

21 de julho de 2009 04:52

bom post!!:D:D

  MeP

14 de outubro de 2009 17:28

Ótimo post. Parabéns.

  Anônimo

13 de fevereiro de 2010 19:08

esta merda de propaganda do flickr tá atrapalahando a leitura, zé mané

  babo

17 de junho de 2010 13:48

esta merda de propaganda do flickr tá atrapalahando a leitura, zé mané

  babo

17 de junho de 2010 13:48

esta merda de propaganda do flickr tá atrapalahando a leitura, zé mané

  Anônimo

14 de agosto de 2010 10:51

muito bom
eu nunca tive certeza de qual video era qual muito bom

  Akauã Almeida

23 de abril de 2011 17:03

tem um negócio do flickr tampando. atrapalha muito...
Mas o post tá muito bom, sempre que tenho dúvida venho aqui